Para reflexão

Os Cegos e o elefante

Quantas vezes não olhamos para uma situação e vemos apenas uma pequena parte? Ou vemos só a parte que nos convém? Ou tiramos conclusões baseadas numa pequena parte do acontecimento? A moral da história é a dificuldade de chegar a um consenso quando cada um só leva em consideração a sua experiência ou o seu ponto de vista.

Como lidar com as emoções

Depois de começar a reconhecer as emoções que mais surgem no dia-a-dia, devemos lembrar que sentir é diferente de agir. Por exemplo: se estou com raiva não preciso descarregar em alguém; se sinto medo não preciso de fugir. Aquilo que eu sinto não precisa ser necessariamente o que eu faço. Este é o primeiro passo para a inteligência emocional: sentir uma coisa e decidir como atuar em relação a isso e não reagir de forma automática e inconsciente. Não é fácil, e nem sempre vamos conseguir, mas o treino contínuo leva à evolução!