Yoga: tempo e resultados

Yoga: tempo e resultados, será que podemos ou devemos pensar nisso? Uma pergunta que quase todo o aluno iniciante me faz: quanto tempo vou demorar para conseguir fazer a técnica x ou para conseguir o resultado y? Tempo e resultados são chavões do mundo moderno que começaram a invadir as salas de Yoga.

O tempo que se demora para dominar uma técnica seja ela um ásana, um pránáyáma ou um exercício de meditação, depende sempre de inúmeros fatores. Desde a forma física, passando pela atitude emocional, a regularidade e a intensidade com que se pratica, se a prática é profunda ou superficial e até questões relacionadas com a anatomia do praticante, tudo isso faz com que seja difícil dar uma resposta.

Na verdade, o tempo e os resultados não são o mais importante. Como já alguém disse: “Yoga is not about touching your toes, it is what you learn on the way down”. Se ainda tens dúvidas que o resultado físico não é o mais importante sugiro que leias o sobre Autoconhecimento e Praticar Yoga para quê?.

Para lidar melhor com a ansiedade que tempo/resultados possam gerar observa o seguinte quando estiveres a praticar:

– Mantém a mente focada no momento presente:  observa a ação, a execução, as sensações, perceções, sem deixar que  o fluxo de pensamentos e emoções levem a tua mente para outro lugar que não o teu tapete de prática. Mantem-te atento, sem julgar nem criticar. Atento para conhecer, ampliar a consciência de ti mesmo. É nesse ampliar diário de consciência que se conquista o Yoga. Quando a mente estiver a vaguear pelas preocupações do dia-a-dia, diz-lhe delicadamente: “agora não, agora é tempo de estar aqui”.

– Pratica sem expectativas, pratica pelo prazer de praticar. Se o foco estiver sempre nos resultados, a prática será frustrante, pois tudo o que conseguimos fazer “agora”  é distante do resultado almejado. Delicia-te com a experiência, aproveita o caminho. Tira prazer de cada prática que fazes.

– Persistência  e regularidade, são as únicas coisas que podem transformar um “não consigo” num “ah consegui”!  Não falhes práticas, não inventes desculpas para não praticar!

Esquece o tempo e os resultados, pratica por prazer e deixa que o Yoga de leve a viver com prazer!

setu bandha sarvangasana

4 thoughts on “Yoga: tempo e resultados”

  1. Of course, what a great website and enlightening posts, I definitely will bookmark your blog. All the Best! Jenine Harlin Woodley

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.